COMÉRCIO ELETRÔNICO GANHA ESPAÇO E CONFIANÇA DO COMPRADOR DE PEÇAS E FERRAMENTAS AUTOMOTIVAS

26 abr 2017

Plataformas de comércio eletrônico também vieram à AUTOMEC 2017 para fortalecer a presença no mercado de peças e acessórios automotivos. A força desse tipo de negócio vem crescendo ano após ano, tornando-se uma das principais vitrines para vendedores e compradores.

“Dentro do Mercado Livre, nosso maior catálogo é o automotivo desde 2014. Por isso, é importante mostrar ao mercado que somos referência, não só o Mercado Livre, mas nosso marketplace, para nossos vendedores. É uma estratégia de como desenvolver esse mercado, que ainda é embrionário. Há muito o que explorar - acredita Leandro Ribeiro, Head de Auto Parts in Marketplace da plataforma. Entre 2015 e 2016 o crescimento do segmento de autopeças no site de e-commerce foi de 60%, e faturou no Brasil cerca de R$ 1,7 bilhão, com as autopeças como maior share em vendas.

 "Muitas pessoas obtêm sua renda a partir do Mercado Livre, e muitas começam a vender através do site", diz Ribeiro. Pneus, e partes para motos também têm registrado crescimento.

Já a Loja do Mecânico apresenta-se como pioneira no e-commerce especializado em peças e ferramentas para profissionais de oficinas mecânicas. "Surgimos no mercado em 2000, como catálogo que efetuava vendas por telefone - diz Daniel Franceschi, gerente de e-commerce do site. O mercado e a confiança do consumidor em comprar online aumentaram, e nos últimos cinco anos, o portal cresceu cerca de 50% ao ano.

"Estamos ampliando o mix de produtos atualmente, oferecendo também itens para marcenaria e jardinagem, por exemplo". O site de compras recebe cerca de 250 mil acessos diários, e participa da AUTOMEC para atingir o público final de uma forma diferente. "Os vendedores que estão aqui são profissionais de nossa televenda. Assim, estamos conhecendo clientes que há anos compram conosco, mas nunca nos viram pessoalmente".

TECFIL RENOVA IMAGEM DA MARCA COM NOVAS EMBALAGENS, SITES E PRODUTOS

 A Tecfil, maior fabricante de filtros automotivos da América Latina, apresentou na AUTOMEC seu novo site exclusivo de treinamento (www.treinamentotecfil.com.br) com instruções sobre instalações de filtros em veículos, além do novo site da Vox Filtros. As iniciativas fazem parte de uma estratégia indicando a renovação da marca, que inclui ainda mudanças nas embalagens Tecfil e Vox, com novo desenho, mas mantendo a tradicional cor amarela, referência de décadas da marca, e o lançamento dos novos mascotes: três cachorrinhos inspirados em personagens reais, que ajudam o dono em uma oficina mecânica. Os mascotes são os elementos atrativos nas campanhas da Tecfil na mídia. “Sempre que julgamos necessário realizamos mudanças para melhorar processos e resultados. Fizemos uma grande alteração nos nossos materiais de comunicação”, afirmou a supervisora de Marketing, Simone Minhoto.

Para as linhas automotiva, motos e máquinas agrícolas, a Tecfil e Vox também apresentaram os últimos lançamentos em filtros de ar, de óleo, de ar condicionado, de combustível e hisdráulicos.

DISPOSITIVOS PARA O CARRO AUTÔNOMO SÃO OS DESTAQUES DA DELPHI

Pioneira no desenvolvimento de dispositivos tecnológicos para os veículos autônomos, a Delphi mostrou na AUTOMEC seu conceito sobre o tema utilizando a réplica de um automóvel com todos os dispositivos que permitem a condução sem motorista. Nesse exemplo, a Delphi apresenta o chamado V2E (Vehicle-to-Everything), equipado com avançados sistemas de câmeras, radares, sensores e softwares capazes de tomar decisões seguras em alta velocidade, visando o bem estar do motorista, passageiro, pedestre e de outros veículos. Nos demais lançamentos apresentados na feira estão turbos, filtros, compressores, bombas d’água, radiadores, velas aquecedoras, com destaque para as velas de ignição com tecnologia “Blue Power”. Essas velas têm como principal característica sua carcaça azul, pois recebem um tratamento especial com banho de zinco-níquel, aumentando a proteção contra a corrosão e garantindo maior durabilidade e desempenho. As velas estão disponíveis em quatro versões, podendo ter um, dois ou três eletrodos, de acordo com a aplicação.

A Delphi também tem investido na produção de componentes remanufaturados em sistemas de injeção diesel, composto hoje de 12 itens. Segundo o fabricante, os remanufaturados mantêm qualidade original a um custo menor, além de colaborar com o meio ambiente ao reduzir a quantidade de resíduos e poluição.

SABÓ LANÇA NOVA GERAÇÃO DE VEDADORES MAIS EFICIENTES

A Sabó apresentou na AUTOMEC lançamentos em produtos aplicados em motores três cilindros nacionais e transmissões automáticas híbridas americanas (transmissão impulsionadas por um motor interno, conjugado com um motor elétrico de alto desempenho) como parte de seu portfólio de produto: retentores, juntas e pistões hidráulicos. De acordo com o diretor geral da Sabó Américas, Lourenço Agnello Oricchio Junior, os quesitos de baixas emissões, economia de combustível e redução de atrito vão balisar as as principais montadoras nos próximos anos e dentro dessas exigências a Sabó destaca na Feira as novas gerações de vedadores como: sistema de vedação utilizando roda fônica de última geração; para a linha agrícola, a empresa levou para o estande um novo display, demonstrando o funcionamento do mecanismo e aplicação de um retentor tipo BY cassete, conhecido como “retentor blindado”; e o sistema integrado de vedação e monitoramento de frenagem nos cubos de roda, para a linha pesada.

MTE-THOMSON INVESTE EM NOVOS SENSORES PARA ESCAPAMENTOS DA LINHA PESADA E NA FORMAÇÃO ON LINE DE CLIENTES

A MTE-Thomson traz como destaque no seu estande na AUTOMEC os sensores EGPS (Sensor de Pressão dos Gases do Escapamento) e o EGTS (Sensor de Temperatura dos Gases do Escapamento) para a linha de veículos pesados movidos a diesel. Esses sensores auxiliam na redução de emissão de poluentes e na consequente economia de combustível. O funcionamento incorreto desses tipos de sensor pode acarretar na diminuição da vida útil do catalisador e dos filtros do veículo. A MTE-Thomson informa ainda que é a única empresa brasileira que possui esses itens para o mercado de reposição. A marca é uma das pioneiras no setor de autopeças a investir em relacionamento pela internet com seus clientes, sejam distribuidores, varejistas e o consumidor final, que são os reparadores. Com isso, oferece uma série de opções on line gratuitas para levar informação e formação para todos os mecânicos. Entre as opções apresentadas na AUTOMEC estão: “Oficina do Saber”, em seu site institucional há uma área onde se encontra vídeos com instruções de instalação e funcionamento de componentes; “Cursos On Line”, pelo site www.cursosmte.com.br o aplicador e o balconista podem encontrar cursos completos e gratuitos com certificação sobre os mais variados assuntos; “Atendimento via whatsapp e chat on-line”, foi criado em 2015 uma linha exclusiva para o atendimento via Whatsapp. Pelo número (11) 99559-7775, mais de 3000 reparadores, balconistas e consumidores finais já tiveram suas dúvidas sanadas.

RANDON ACREDITA EM OTIMISMO COM CAUTELA PARA SETOR, E APROVA AUTOMEC PARA VEÍCULOS LEVES E PESADOS

O Grupo Randon, detentor de marcas como Fras-le, Master, JOST Brasil, Suspensys e Controil falou à imprensa durante a AUTOMEC 2017. Para o CEO da Randon Autopeças Sérgio Carvalho, o momento é de otimismo com cautela. "Tivemos um desempenho financeiro muito bom em 2016, levando em consideração o momento do país”. Os executivos do grupo explicam que, dentro da divisão de autopeças da empresa, no ano passado 30% do portfólio foi destinado à exportação ou produzido em unidades fabris do grupo localizadas fora do Brasil. Paulo Gomes, diretor comercial de Reposição e Marketing de Autopeças avalia positivamente a junção da exposição de produtos para veículos leves e pesados, que aconteceu na AUTOMEC deste ano. "Congratulamos a organizadora por essa decisão. Os dois primeiros dias foram muito bons, e nosso estande está constantemente cheio".

MOTOSERVICE APRESENTA VISÃO DE FUTURO PARA AUTOMÓVEIS E MOBILIDADE

A Motoservice (anteriormente conhecida como KSPG), através de sua marca-mãe Rheinmetall Automotive, apresentou algumas de suas diretrizes para o futuro durante as apresentações para imprensa. Claus von Heydebreck, diretor-geral Motoservice esclareceu que a empresa é "muito mais do que um fornecedor automotivo. Integramos soluções de mobilidade e segurança, e o Grupo Rheinmetall tem como um de seus focos a redução de emissões”. Alinhada com isso, uma das previsões da companhia, em caráter global, é que até 2020 50% do faturamento seja proveniente de componentes para motores alternativos, como os carros movidos a energia elétrica e a células de combustível. O executivo também fez previsões a respeito do mercado para veículos autônomos. "Essa tecnologia já existe, e o ponto principal agora não é criar automóveis autônomos, mas como assegurar que eles não falharão, e que ninguém conseguirá invadi-los. Esse campo de pesquisa tem sido trabalhado por nossa divisão de defesa - Rheinmetall Defence - e essa transferência de tecnologia chegará ao mercado automotivo”.

Informações para Imprensa:
2PRÓ Comunicação
email: reed@2pro.com.br
Myrian Vallone – (11) 3030-9404
Teresa Silva – (11) 3030-9463
Luciano Somenzari – (11) 3030-9435

111217


Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber as novidades da Automec. Fique por dentro de tudo o que acontece.



Cookies são utilizadas para operar este site e para melhorar a sua usabilidade. Os detalhes completos sobre o que são os cookies, por que os usamos e como você pode gerenciá-los, podem ser encontrados na nossa página Privacidade & Cookies. Por favor, leve em consideração que ao utilizar este site você concorda com o uso de cookies.